segunda-feira, 10 de março de 2014

La dolce Sicilia

Principal ilha do mar mediterrâneo, a Sicília é visitada anualmente por milhões de turistas interessados em respirar um pouco de sua cultura, admirar sua arte e claro, provar sua gastronomia. 

Pudera, é a terra do vulcão Etna (o maior em atividade da Europa), de belas praias, montanhas, ruínas, de D. Corleone, do vinho marsala, dos cannoli, do limão siciliano... definitivamente um cantinho do mundo de história rica e diversas peculiaridades que instiga e atrai pessoas de todas as partes.

Portanto passageiros com destino à Sicília, apertem os cintos e façam uma boa viagem.

A receita que irá nos fazer sentir calores vulcânios e o aroma das laranjeiras será o tradicionalíssimo cannoli encontrado em 11 de cada 10 restaurantes da região.

Para a massa misture 500 g de farinha de trigo, 5 colheres (sopa) de açúcar, 100 g de manteiga, 1 dose de vinho marsala (pode ser substituído por vinho do porto), 1 dose de grapa (cachaça tem o mesmo efeito), 1 ovo e 1 gema. Misture com vontade até obter uma massa lisa e homogênea.

Abra a massa até que esteja bem fininha (da mesma espessura que uma massa de pastel), corte circunferências com a ajuda de um cortador e enrole sobre um tubo (próprio para cannoli) que deve ser untado apenas na primeira rodada. Feche a massa pincelando um pouco da clara do ovo que deve ter sido reservada da receita.

Frite em imersão em óleo bem quente. Depois de fritos não os coloque em papel toalha, deixe que descansem apenas sobre uma grade. Desta forma ficarão crocantes e sequinhos.

O recheio é bem interessante, basta bater no processador 500 g de ricota, 250 g de açúcar, 2 colheres (sopa) de vinho marsala (sim, pode ser porto) e raspas de 1 limão siciliano. Deixe processar sem medo de ser feliz, é preciso bater até que o recheio fique lisinho, brilhante e bem cremoso. 

Com o auxílio de uma manga de confeiteiro (aquele saquinho com um furo na ponta), recheie os cannoli. 

canolli siciliano... uma oferta irrecusável...

Prefiro deixar assim mais simples, mas pode-se acrescentar ao recheio ou na decoração, diversas opções, como frutas cristalizadas, castanhas, granulado...

Hora de provar esta que é, sem dúvida, uma oferta não só irrecusável, mas crocante, doce, cremosa e capaz de nos fazer atravessar o oceano sem sair da cozinha.

Ingredientes:

Massa
500 g de farinha de trigo
5 colheres (sopa) de açúcar
100 g de manteiga
1 dose de vinho licoroso ou marsala ou porto ou nacional
1 dose de grapa ou cachaça
2 ovos

Recheio
500 g de ricota
250 g de açúcar
1 colher (sopa) de vinho marsala ou porto
raspas de 1 limão siciliano

4 comentários:

  1. Que belo post!
    Este doce é tradicionalíssimo também nas padarias italianas do Bexiga, Bom Retiro e, claro, na rua Javari!
    Teremos que combinar uma vez de fazer de novo, porque não pude provar este!
    Você encontrou onde comprar vinho Marsala?
    Bjs.
    Leo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Leo, obrigada :)

      Repetiremos logo, vou colocar na lista... rs

      Não encontrei vinho marsala não, usei porto que estava mais a mão... quem sabe para a próxima vez conseguimos encontrá-lo

      bj

      Excluir
  2. Adorei!!! E o recheio é surpreendente ; )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. surpreendente e simples, o melhor tipo de recheio... rs

      Excluir